Quinta-Feira, 06 de Julho de 2017 às 09:30

Mulher morre em cinema de shopping da Capital; Samu chegou a prestar socorro

No início desta tarde de quarta-feira, 05, a auxiliar de serviços gerais Maria Dilma de Araújo Martins, 49 anos, morreu com suspeita de infarto, durante uma sessão de filme no Cinemark do Capim Dourado Shopping, em Palmas. Uma pessoa que estava entrando na sala de cinema disse que ouviu que alguém estava passando mal.

A auxiliar chegou a receber massagem cardíaca de alguém que também assistia ao filme. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado até o local e confirmou que ao realizar o atendimento, constatou a morte.

De acordo com testemunhas, a filha de Dilma também estava na sala e tentou ressuscitá-la por respiração boca a boca.

Após a chegada do Samu, a sala de cinema foi esvaziada. O incidente ocorreu numa sessão do filme infantil Meu Malvado Favorito 3.

Até o momento, não foi confirmada oficialmente a causa da morte. Todas as sessões do período da tarde foram suspensas.

Pesar

Em nota, a Associação Tocantinense de Municípios (ATM) manifestou profundo pesar pelo falecimento de Dilma, como era conhecida entre os amigos, que era colaboradora da entidade lotada no Hotel ATM.

“Natural de Tocantinópolis, Dilma era mãe e avó carinhosa, além de servidora polivalente, sempre alegre e divertida em seus afazeres. A ATM lamenta profundamente a perca da servidora que atuou na instituição desde 2009”, ressalta a nota.

O Capim Dourado Shopping, por meio da assessoria de imprensa, também lamentou o falecimento ocorrido no cinema e explicou que a Brigada do local “foi acionada e realizou com emergência todos os procedimentos possíveis até a chegada do Serviço Móvel de Urgência (SAMU)”.

“O shopping se solidariza com a família nesse momento de profunda dor e tristeza”, concluiu a nota.

Veja na íntegra:

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM), em nome do presidente Jairo Mariano e de todos os prefeitos e colaboradores da entidade municipalista, manifesta profundo pesar pelo falecimento da colaborada Maria Dilma de Araújo Martins, 49 anos, auxiliar de serviços gerais da associação, atualmente lotada no Hotel ATM.

Dilma, como era carinhosamente chamada pelos gestores e colegas de trabalho, faleceu nesta quarta-feira, 05 de julho, vítima de uma mal súbito enquanto assistia a um filme em cinema da capital. A causa da morte ainda não foi identificada pelas autoridades médicas.

Natural de Tocantinópolis, Dilma era mãe e avó carinhosa, além de servidora polivalente, sempre alegre e divertida em seus afazeres. A ATM lamenta profundamente a perca da servidora que atuou na instituição desde 2009.

Dilma deixa três filhos e três netos.

Rogamos a Deus que interceda pela família neste momento de profunda tristeza.

Jairo Soares Mariano

Tag's: Tocantins, Palmas, Polícia

Fonte: T1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADESS