Sexta-Feira, 27 de Outubro de 2017 às 17:11 - Atualizado em Terça-Feira, 31 de Outubro de 2017 às 03:05

Motoristas protestam contra projeto que regulamenta aplicativos de transporte

Motoristas da Uber participaram de uma carreata na manhã segunda-feira (30), em Palmas. Eles protestaram contra um projeto de lei que tenta regulamentar a atuação através de aplicativos de mobilidade. A lei será voltada nesta terça-feira (31) pelo Senado Federal.

A manifestação ocorreu em âmbito nacional. Em Palmas os motoristas saíram do estádio Nilton Santos por volta das 7h30 e percorreram a Palmas Brasil e a Praça dos Girrasois, até chegar a JK, por volta das 10.

Para o motorista da Uber, que esteve à frente da carreata, Márcio Peres da Cruz, a proposta não busca regulamentar a atuação dos motoristas, mas sim criar uma série de empecilhos para atuação deles e colocar fim aos aplicativos. "Somos a favor da regularização, mas não queremos como está na proposta, que é mais uma forma de proibição do que regularização", defende.

Entenda

Essa semana o PLC 28/2017 deve ser votado no Senado. A análise da proposta está marcada para esta terça-feira (31). Na semana passada, os senadores aprovaram a urgência para o projeto poder ser analisado com prioridade.

Os motoristas de aplicativos alegam que o projeto não regula essa atividade e sim traz uma proibição velada a todos os apps, pois cria um nível de burocracia tão alto para os motoristas parceiros que torna impossível que continuem servindo as pessoas do jeito que fazem hoje.

O texto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados, em abril, e determina que esse tipo de serviço deverá seguir uma série de exigências, entre as quais:

Vistorias periódicas nos veículos;

Idade mínima para os condutores;

"Ficha Limpa" para os motoristas;

Adoção de placas vermelhas nos veículos;

Licença específica para o veículo rodar.

Tag's: Motorista, protesto, transporte

Fonte: G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES