Quarta-Feira, 03 de Outubro de 2018 às 17:45

Mãe e filho são perseguidos e baleados

 Após ser baleada na cabeça em um ataque de dois atiradores em Marituba, Região Metropolitana de Belém, Claudenora Gomes da Silva segue internada em estado greve no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua. A mulher foi ferida na manhã de hoje (3), ao lado do cemitério do municipal São José de Arimateia, na rua São José de Assis. Seu filho também foi ferido na ação, pois caminhava ao lado da mãe, mas foi atingido de raspão no braço, não corre risco de morte.


O rapaz é a principal testemunha do caso e disse que dois motociclistas armados seguiram ele e sua mãe, atirando várias vezes contra ambos, mas só ele conseguiu escapar. Ferida na cabeça, a mulher perdeu muito sangue e, segundo a nota do hospital, ela deu entrada na Unidade às 14h41, em estado preocupante.


Era por volta de 11h30 quando mãe e filho seguiam pela rua ao lado do cemitério quando os dois motociclistas se aproximaram, ambos com os rostos cobertos por capacetes. O carona, armado, desceu e começou a disparar contra eles. O rapaz correu e se escondeu, mas mãe foi gravemente ferida.


Ainda não se sabe o que pode ter motivado o crime, que parece ser uma tentativa de execução. Os atiradores fugiram após o ataque e, até o momento, nenhum suspeito foi identificado.

Tag's: MÃE, FILHOS, PERSEGUIDOS, BALEADOS

Fonte: orm.com.br

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADESS