Sábado, 28 de Outubro de 2017 às 20:21 - Atualizado em Terça-Feira, 31 de Outubro de 2017 às 03:48

INSS faz mutirão para receber pedidos do seguro defeso

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizou durante o fim de semana em São Luís, um mutirão para receber os pedidos de seguro defeso para os pescadores artesanais do Maranhão.

Quase 200 mil pescadores que vivem da pesca do peixe de água doce no estado serão beneficiados. A primeira parcela do benefício será paga em dezembro.

De acordo com a gerência do INSS em São Luís, os pescadores irão receber a quantia que equivale a um salário mínimo, durante os quatro meses em que a pesca para fins comerciais é proibida por causa do período de reprodução dos peixes, conhecido como período do defeso que vai até o dia 31 de março de 2018.

Foram atendidos representantes de mais de 500 colônias de pescadores, que entregaram um CD com as informações necessárias para a concessão do benefício.

 “Foi passado todas as orientações de como seria o procedimento então as entidades digitalizam, colocam em CD não regravável e trazem para a gente. Então é uma coisa muito prática e isso vai nos dar mais segurança, praticidade e celeridade no atendimento”, explica Antônio Wilson, gerente executivo do INSS em São Luís.

José Mário Rocha, presidente da colônia de pescadores de Axixá, município localizado a 100 km de São Luís, providenciou o seguro defeso de quase 1.200 pescadores que vivem da pesca na cidade. “Mais de 300 igarapés que saem do Rio Munim então o todo esse pessoal vai parar de fazer suas atividades. Nesse período tem que parar a pesca para os peixes se procriarem. É importante”, diz.

 

Tag's: INSS, mutirão, seguro

Fonte: G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES