Quarta-Feira, 12 de Setembro de 2018 às 17:50

Vândalos furtam mais de 100 lâmpadas na Praça da Matriz

 Recém revitalizada, a Praça 15 de Novembro, mais conhecida como Matriz, localizada no Centro, sofre com falta de segurança pública e ineficiência do governo do Estado. Nos últimos meses, policiais militares abandonaram o local, e o índice de criminalidade cresceu na região.

 

Desde a entrega da praça há 10 meses, foram registrados em torno de 100 furtos de luminárias, conforme informações da Unidade Gestora de Abastecimentos Municipais de Energia Elétrica (UGPM Energia), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe).

 

A problemática afeta diretamente permissionários, ambulantes e cidadãos que frequentam o espaço público.

 

“As pessoas que cometem esse crime são vândalos que se infiltram nos grupos de moradores de rua. Eles se aproveitam da ausência da segurança e furtam as lâmpadas durante a noite e madrugada”, contou Rafael Souza, 20, supervisor de pátio de uma empresa privada que atua no estacionamento da igreja.


A Semppe ainda informou que, desde a entrega da praça, realizou três reposições da iluminação pública naquela região da cidade. Algo em torno de R$ 20 mil que poderiam ser investidos na expansão de Leds na cidade.

 

O órgão ressaltou que existem quatro modelos de luminárias utilizadas na praça, totalizando 194 pontos de iluminação, cujo projeto foi apresentando pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas, aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O furto ocorre com um único modelo.

 

De acordo com a Semppe, no local já foi realizado o lacre e solda das luminárias, mas, mesmo assim, acontecem furtos e atos de vandalismo. Segundo o órgão, estudam-se formas de evitar essa ação e está agendada para os próximos dias uma frente de trabalho, mas sem alterar o padrão do projeto apresentado pelo PAC Cidades Históricas, que segue um padrão aprovado pelo Iphan.

 


Em nota, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe), informou que uma equipe de fiscalização será enviada ao local para fazer nova avaliação dos danos e programar nova reposição.

 

Quanto à segurança no espaço, a prefeitura informa que a Guarda Municipal atua no local com efetivo de 10 agentes, em revezamento, para a guarda patrimonial, mas que o efetivo não tem sido suficiente para inibir a ação de bandidos. Antes mesmo da inauguração da praça da Matriz, a prefeitura solicitou ao governo estadual reforço no policiamento, a fim de minimizar essa e outras ocorrências no que se refere à segurança pública.

 

Durante a presença da nossa equipe de reportagem na praça, por quase duas horas, nenhum policial militar foi visto no local.

 

Até o fechamento desta edição, a assessoria de comunicação da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) não respondeu aos questionamentos sobre a situação, nem policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) quiseram falar sobre o assunto.

Tag's: VÂNDALOS, LÂMPADAS, PRAÇA MATIZ

Fonte: Em Tempo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADESS