Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017 às 08:54

Estado decreta situação de emergência

Devido ao intenso processo de imigração no Estado de Roraima, ocasionado pela crise econômica, social e política na Venezuela, a governadora Suely Campos (PP) assinou o Decreto Nº 24.469-E, que estabelece situação de emergência social no Estado. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOU) no dia 4 de dezembro de 2017.

A medida confirma o agravamento da situação no estado de Roraima, por conta do rápido e crescente número de imigrantes que chegam a Roraima, além dos sérios riscos à saúde e segurança dos imigrantes e dos brasileiros. O decreto de situação de emergência social entrou em vigor na data de sua publicação e terá vigência de 180 dias, podendo ser prorrogado, se necessário.

Conforme decreto, o Estado apoiará os municípios no levantamento das áreas de risco e na elaboração de planos de defesa civil e de ações emergenciais para assegurar, aos nacionais e estrangeiros, o respeito de sua dignidade como pessoa humana e também a necessidade de rápida resposta do Poder Público, para preservação da saúde, segurança e da vida humana no Estado.

Tag's: Roraima, Crise, emergência

Fonte: Folha Web

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES