Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017 às 08:35

Após ser acusado de tentar estuprar irmã, coronel Gilvandro se pronuncia

O coronel da Polícia Militar e também vereador de Manaus, Gilvandro Mota, se pronunciou, por meio da sua página oficial no Facebook, sobre a denúncia que a própria irmã dele fez à polícia de supostamente ter tentado estuprá-la. O militar informou que a denúncia falsa foi feita para atingi-lo por conta de uma rixa na família.

Ainda segundo ele, após perceber o erro, a irmã de 23 anos decidiu retirar a queixa. Ele contou como tudo aconteceu. Veja o ele disse:

Venho por meio desta, esclarecer os fatos divulgados na imprensa que tratam sobre uma falsa acusação por parte da minha irmã. Primeiramente, lamento a forma que tal situação familiar foi divulgada, mas como homem público é meu dever deixar claro a realidade dos fatos. Na noite da última sexta-feira (01/12/17), após mais uma tentativa de orientá-la sobre as más companhias com as quais ela vem se relacionando, movida por sentimento de raiva, a mesma fez uma denúncia descabida com a finalidade de atingir a minha integridade e imagem. Felizmente, ela já se arrependeu do ato impensado e grave que cometeu e retirou a falsa queixa.

Problemas existem em todas as famílias. Às vezes, nos preocupamos tanto com quem cuidamos, que acabamos virando um peso ao restringir determinadas situações. A verdade é que a nossa juventude vive absolutamente refratária a obedecer e a cumprir regras. Espero verdadeiramente que ela tenha convicção da opção que fez e que seja feliz no rumo que decidiu tomar em sua vida. Sei que fiz o que estava ao meu alcance. Ela sempre terá o meu perdão e desejo toda sorte do mundo.

Apesar do desgaste e exposição, esse episódio me dá a oportunidade para compartilhar a dura missão que é Educar. Vivemos em uma sociedade muito violenta e perigosa e se não tivermos o zelo com quem amamos podemos ser surpreendidos por más notícias. Quem ama cuida e os responsáveis precisam ser enérgicos para repreender e colocar limites quando necessário.

Por fim, quero agradecer a todos que enviaram mensagens solidárias, pessoas que me conhecem há 50 anos e sabem que jamais cometeria tal ato. Agradeço especialmente, ao deputado Cabo Maciel e ao vereador Wilker Barreto, únicos políticos que me ligaram, pelas palavras de apoio e por acreditarem na minha conduta. Vivi dias intermináveis, de extrema preocupação e de muita tristeza, mas também pude me aproximar de Deus e me lembrar de uma frase do Silvio Santos que diz que quando você tem razão seu advogado é Deus e quando você não tem o teu juiz é Deus. Então, Deus foi meu advogado. Obrigado a todos!

Veja o boletim de ocorrência registrado pela irmã:

 

Tag's: Vereador, Coronel da PM, Tentativa de Estupro

Fonte: Amazonas Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADES