Segunda-Feira, 08 de Abril de 2019 às 16:57

Aplicativo de celular leva polícia até boca de fumo

 A Polícia Militar usou um software de rastreamento de celular via GPS para localizar o aparelho que havia sido roubado e acabou descobrindo uma boca de fumo na noite de domingo (7). Duas mulheres foram presas e vários papelotes de drogas foram apreendidos no local.


Tudo começou através de um roubo a residência, localizada na zona sul de Macapá, de onde um assaltante levou vários objetos, entre eles o celular que era monitorado por um aplicativo.

 

A localização do aparelho levou uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) até uma residência na Travessa Fortunato Peres, no bairro Buritizal, zona sul da capital.

 

De acordo com o tenente Medeiros, da Rotam, as 50 porções de cocaína e 20 de maconha, estavam nos quartos da mãe e da esposa do suspeito do roubo, que tem 18 anos e está amamentando um bebê de sete meses. No quarto do casal, também foram encontradas munições de calibre ponto 40 – de uso restrito das forças de segurança. A duas mulheres foram apresentadas à Polícia Civil.

 

Estávamos patrulhando o bairro quando uma das vítimas nos avisou do crime e que tinha como rastrear a posição do celular. Nós então seguimos o sinal e chegamos até o local. Porém o autor do roubo e dono da droga não estava lá, mas encontramos o documento de identificação dele, que foi mostrado à vítima, que o reconheceu através da foto. Ele é filho da dona da residência”, descreveu o oficial.

 

As duas negaram saber da existência do entorpecente e da munição. Até o horário de publicação desta matéria, elas ainda aguardavam posicionamento da justiça, no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval.

Tag's: APLICATIVO, CELULAR, POLÍCIA, BOCA DE FUMO

Fonte: selesnafes.com/

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADESS